5 Motivos para não fazer alongamento de unhas caseiro

Pessoas que roem as unhas ou simplesmente gostam de ver elas compridas mas não conseguem podem usar técnicas de alongamento. São diversos os métodos, indicações e preços, existem até mesmo os alongamento de unhas caseiro.

Algumas pessoas acreditam que apenas com tutoriais amadores elas conseguirão fazer o alongamento de unhas em casa. Essa é uma péssima ideia!

No artigo de hoje, traremos 5 motivos para não fazer alongamento de unhas caseiro. Você perceberá como é importante realizar o procedimento com uma profissional ou então aprender com um bom curso antes de colocar sua saúde e beleza em risco.

VEJA TAMBÉM: Saiba como alongar unhas roídas com esta técnica

5 Motivos para não fazer alongamento de unhas caseiro

alongamento unhas caseiro

Alongar as unhas é uma saída prática para passar mais tempo sem ter que ir ao salão e obter resultados naturais mesmo se tratando de uma unha artificial. Contudo, sem a técnica e os materiais corretos, há efeitos colaterais.

Veja alguns dos motivos para não fazer alongamento de unhas caseiro e sem o acompanhamento de uma profissional.


Motivo #1: Resultado amador e mal-acabado

Antes mesmo de falarmos sobre os aspectos relacionados à saúde, uma das principais razões para não fazer alongamento de unhas caseiro é o resultado estético. As unhas ficam geralmente mal-acabadas e com um aspecto amador.

Não vale a pena colocar as unhas em risco e ainda conseguir o resultado oposto do que você espera. Afinal, a ideia é alongar as unhas para elas ficarem mais bonitas e chamarem a atenção pelos motivos certos, não é mesmo?


Motivo #2: Reações alérgicas

Reações alérgicas aos produtos para alongamento caseiro podem ser muito mais do que incômodas. Já foram registrados casos de pessoas que tiveram vermelhidão intensa no entorno da unha e a alergia se espalhou pelo corpo todo.

Além disso, podem surgir bolhas. Algumas são semelhantes a queimaduras.

Por essas e outras, jamais use produtos de baixa qualidade ou de procedência duvidosa. Uma boa profissional preza pela escolha de matérias primas dermatologicamente testadas e hipoalergênicas.


Motivo #3: Perda da camada de queratina

Um dos mais sérios motivos para não fazer alongamento de unhas caseiro é a probabilidade de perda da camada de queratina da unha natural. Ela leva ao enfraquecimento, deixando a unha mais fina, quebradiça e esbranquiçada.

Por si só, esses efeitos já são desagradáveis. Porém, adicione ainda o fato de que durante o tratamento é necessário ficar até um ano sem esmaltação para a plena recuperação. Essa é a recomendação de dermatologistas que provavelmente receitarão vitaminas e outros medicamentos também.


Motivo #4: Proliferação de fungos

Um dos perigos que o alongamento caseiro pode provocar também é o aparecimento de fungos/bactérias entre a unha natural e a artificial. Ele deixa manchas escuras ou amareladas, podendo inclusive ocasionar doenças.

Somente uma profissional preparada conhece as técnicas para não deixar orifícios que permitam essa proliferação. Ela também usa produtos antifúngicos e a exposição à luz ultravioleta na câmara de secagem, que são benéficos para a saúde das unhas.


Motivo para não fazer alongamento de unha caseiro #5: Manchas irreversíveis

Pelo que você pôde ver nos itens anteriores, as unhas são estruturas delicadas. Elas podem ser facilmente fragilizadas quando há um alongamento negligente realizado de forma caseira.

Manchas podem ser ocasionadas por fungos, pelo uso inadequado de ferramentas, pela aplicação de produtos de baixa qualidade ou pela remoção dos alongamentos sem o método correto. Essas manchas tendem a ser permanentes, só sumindo quando a unha nascer por completo.

Portanto, não fazer alongamento de unhas caseiro é uma atitude inteligente. Prefira sempre ter o preparo necessário ou procurar uma profissional.

VEJA TAMBÉM: Dicas para fazer unhas de gel perfeitas

Hoje em dia, há cursos online de alongamentos de unha de fibra de vidro e de gel que são econômicos e trazem lições básicas até as mais avançadas. Vale a pena o investimento.

Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *