Vale a pena fazer manicure a domicílio?

Uma das dúvidas que mais recebemos de leitoras aqui do blog diz respeito ao atendimento de clientes em casa. Afinal de contas, será que realmente vale a pena fazer manicure a domicílio?

Bem, não há uma resposta definitiva para essa pergunta. Todo tipo de negócio vale a pena se há demanda e bons rendimentos. Mas vamos analisar alguns dos tópicos mais importantes sobre o tema para que você possa ponderar e tirar as próprias conclusões.

Antes de mais nada, vale ressaltar que independentemente de você trabalhar em casa ou em um estúdio, é fundamental estar bem preparada e fazer um bom curso profissionalizante. A Escola Manicure tem diversas opções.

Uma vez certificada, aí sim você pode desempenhar a sua profissão com todo o preparo e técnicas necessárias para arrasar e conquistar suas clientes. Então, sem mais delongas, vamos aos fatos. Boa leitura para você!


Kit de manicure à domicílio

manicure a domicilio

O primeiro passo para avaliar se vale a pena fazer manicure a domicílio é o investimento no seu material de trabalho. É preciso ter uma maleta completa e de fácil mobilidade, para que você possa carregar suas coisas e mantê-las organizadas.

Os custos podem variar dependendo da qualidade do material utilizado. Também não esqueça que você precisará de mais kits de alicates e espátulas, pois se for diretamente de um atendimento para o outro não terá como esterilizar as peças.

Embora o investimento seja inevitável, o retorno é geralmente rápido e garantido. Considere isso também.


Como obter clientes

Outro passo importante é encontrar as suas primeiras clientes. A propaganda se espalha no boca à boca, mas é preciso ganhar o seu espaço para ter certeza de que vale a pena fazer manicure a domicílio.

Bem, não tem como ficar de braços cruzados. Alguma forma de divulgação será necessária. Mas em tempos de redes sociais, elas podem ser suas aliadas na propaganda do seu serviço.


Agendamento das sessões

Hoje em dia, você pode trabalha como manicure que atende em casa tanto em uma iniciativa individual como também através de aplicativos como o Uber e o iFood. Essas plataformas cobram um percentual do valor de cada atendimento, mas em compensação podem fazer com que a quantidade de clientes seja maior.

De qualquer maneira, mantenha uma agenda bem organizada. A propósito, considere o tempo no trânsito dependendo do meio de transporte utilizado. Não se atrase e demonstre o seu profissionalismo.


Demanda de mercado e quanto cobrar

A demanda de mercado é peça chave para saber se vale a pena fazer manicure a domicílio. O serviço prestado precisa ser de interesse do público alvo. A boa notícia é que esse segmento só cresce e suas chances de faturar bastante são altas.

E por falar em faturar, não esqueça que você precisa determinar o quanto cobrar. Os ganhos são variáveis, mas você pode acrescentar um valor extra por estar se deslocando até a casa da cliente.

Faça uma pesquisa na sua cidade ou região. Não cobre nem muito mais caro e nem muito mais barato do que a sua concorrência. Procure se manter na média e faça um trabalho de qualidade.


E então, vale a pena fazer manicure a domicílio?

Diante de todos os tópicos abordados até aqui, o que você acha? Vale ou não vale a pena fazer manicure a domicílio?

Se você for uma manicure e pedicure inovadora, sempre antenada nas técnicas que estão surgindo, com certeza conseguirá obter bons lucros. E a melhor forma de descobrir se é viável é tentando, não é mesmo?

As alunas dos cursos da Faby Cardoso relatam que é possível ganhar de 2 a 6 mil reais atendendo em casa. Basta ter tino para os negócios.

VEJA TAMBÉM: Cursos de manicure e unhas decoradas que você precisa conhecer

Assim, concluímos a postagem de hoje. Nos vemos em breve novamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *