Saiba tudo sobre micose de unha e como tratar

A micose de unha, doença também conhecida como onicomicose, é uma infecção na unha causada por fungos. Sem sombra de dúvidas, a aparência que ela deixa não é nada agradável. Mas tem como tratar.

Se a unha estiver amarelada, deformada, grossa e com um aspecto muito diferente do normal, infelizmente a micose já está instalada. Quanto antes for realizado o tratamento, melhor.

Para deixar você a par de todas as informações sobre micose de unha e como tratar, preparamos esta publicação. Nela, estarão detalhes a respeito do problema pra você identificar e se livrar dele. Vamos lá!

VEJA TAMBÉM: Como fazer o risco da unha francesinha perfeito


Como a micose é contraída

micose de unha

A micose de unha, seja do pé ou das mãos, é contraída quando temos contato com fungos que se instalam nas unhas. Ela também se desenvolve quando oferecemos condições para o fungo se proliferar.

É muito mais comum que a doença apareça nas unhas dos pés. Isso acontece com quem costuma andar descalço em locais públicos (como piscinas, banheiros, etc.), usa sapatos muito apertados e sempre fechados.

A contaminação ainda pode acontecer quando é compartilhado o uso das ferramentas da manicure sem esterilização. Portanto, sempre leve a sério a necessidade de materiais descartáveis ou esterilizáveis nos atendimentos de manicure e pedicure.


Como identificar a micose de unha

O diagnóstico da micose de unha é feito pelo dermatologista ou podólogo. No entanto, alguns sinais são sintomas claros de que uma micose já está instalada na unha:

  • Unhas amareladas ou com manchas esbranquiçadas;
  • Unhas mais grossas que o normal;
  • Levantamento de partes da unha, chegando a descolar da pele;
  • Deformidades incomuns em partes da unha ou na unha como um todo;
  • Rachaduras e manchas.

Como fazer o tratamento da micose

O tratamento da micose de unha é recomendado pelas áreas da dermatologia e podologia. Eles normalmente envolvem o uso de esmaltes antifúngicos ou até mesmo de remédios orais como o Itraconazol ou o Fluconazol.

Existem, ainda, algumas pomadas no mercado. Alguns esmaltes e pomadas de uso tópico mais recomendados são: Micolamina, Loceryl e Fungirox.

Uma alternativa de tratamento incomum e mais caro, mas que pode ser utilizada é a aplicação de laser. Normalmente, ela é prescrita para quem está em estágio avançado da doença ou com uma micose crônica.

A micose de unha costuma demorar bastante tempo para ser eliminada, ficando em torno de 6 a 12 meses. Em algumas situações, o fungo só é combatido quando a unha cresce o suficiente para que ele seja eliminado.


Alternativas caseiras

Vale ressaltar que nenhum tratamento caseiro substitui o uso de medicamentos recomendados pelos especialistas. Contudo, escalda-pés ou uso de loções e cremes naturais com óleos essenciais antifúngicos podem ajudar a curar a micose de unha.

Os óleos mais recomendados são o de cravo da índia e o de malaleuca. Ambos são cicatrizantes e ajudam na eliminação dos micro-organismos indesejados. Eles podem ser aplicados diretamente na unha, algumas gotas de 2 a 3 vezes por dia.


Cuidados importantes

Se você já tem micose de unha ou quer evitar contrair, alguns cuidados preventivos são muito importantes. Dentre eles:

  • Não usar sapatos fechados e apertados por muito tempo;
  • Preferir sempre as meias de algodão que permitem que os pés transpirem;
  • Lavar as meias e o interior dos calçados com frequência;
  • Lavar bem os pés no banho e secar completamente antes de calçar os sapatos;
  • Nunca andar de pés descalços em banheiros ou piscinas públicas;
  • Não partilhar as ferramentas de manicure com ninguém, seja no salão ou em casa. Sempre tenha certeza de que os metais estão esterilizados e que lixas e palitos são descartáveis.

VEJA TAMBÉM: Saiba como alongar unhas roídas com esta técnica

Essas foram as dicas de hoje. Se você gostou, que tal compartilhar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *