Por que a manicure não pode lixar os pés da cliente?

Na publicação de hoje, vamos conversar a respeito de um dúvida muito frequente entre as pedicures e manicures. É comum elas se depararem com o dilema de lixar ou não lixar os pés das clientes.

Já é de conhecimento da maioria das pessoas que a recomendação dos cursos de manicure e pedicure é de parar completamente com o hábito de lixar os pés. O problema é que encontramos resistência das clientes nesse aspecto.

Tendo em vista reunir informações e argumentos que vão ajudar você a explicar para elas o porquê de não ser feito o lixamento dos pés, fique de olho nas dicas de hoje!


Por que não lixar os pés das clientes?

lixar os pes

Os pés contam com camadas de pele extremamente resistentes. Elas são naturalmente mais grossas, com o objetivo de suportar o peso do corpo. Lembre-se que é a sola do pé que fica em contato direto com o chão, sofrendo com a gravidade e com o atrito o dia todo.

Quando a pessoa opta por lixar os pés, ela tira uma proteção natural importantíssima. Os pés ficam mais suscetíveis a rachaduras e doenças. Engana-se quem pensa que o lixamento atenua rachaduras já presentes, na verdade acontece o oposto.

A nossa anatomia está preparada para engrossar a pele da sola do pé por uma necessidade natural. É primordial a proteção às estruturas da epiderme em cada parte do corpo. Ao invés de lixar os pés, podemos aplicar técnicas menos agressivas para deixar os pés macios.


Orientações da Vigilância Sanitária

como lixar os pes

Antes de partirmos para sugestões que substituem o lixamento dos pés, vale ressaltar quais são as orientações legais da Agência Nacional da Vigilância Sanitária. A ANVISA proíbe que salões de beleza utilizem lixas para os pés, mesmo que sejam descartáveis.

A entidade entende que essa é uma maneira de proliferação de bactérias e fungos perigosos, especialmente quando há rachaduras nos pés e calcanhares.

Além do mais, lixar os pés deixa a epiderme desprotegida, fazendo com que o organismo entenda que ela tem que ficar ainda mais espessa. Isso deixa claro que, além de arriscado, fazer o lixamento não é uma atitude inteligente.


Alternativas que você pode utilizar

Já que não podemos lixar os pés das clientes, o que fazer então? Bem, existem algumas alternativas que são recomendadas por dermatologistas e podólogas que não contrariam as determinações da ANVISA.

Uma das melhores opções é oferecer a esfoliação da pele dos pés. Dessa maneira, conseguimos eliminar as células mortas, deixar a região bem hidratada e evitar que a pele fique ainda mais grossa.

O passo a passo para o procedimento é bastante simples:

  • Passe um pano úmido nos pés da cliente para deixar a pele preparada para receber o produto;
  • Aplique o creme esfoliante e faça uma massagem que vai ajudar a remover as células mortas;
  • Passe o pano úmido novamente para retirar o produto;
  • Aplique um bom creme hidratante.

Se os pés da cliente estiverem com uma crosta de pele seca e muito grossa, passe uma camada grossa de creme hidratante e enrole os pés com plástico filme ou coloque em sapatilhas de plástico próprias para pedicure.

Em dias frios, uma meia de lã por cima do plástico ajuda a manter o calor. O tempo que demora para fazer as unhas das mãos é o suficiente para deixar os pés macios e hidratados.

Saiba também porque a manicure não pode e não deve desencravar unhas de clientes!

Viu só como há formas ainda mais práticas de deixar a pele das clientes macias ao invés de lixar os pés? De qualquer maneira, elas ficarão contente com o seu profissionalismo e dedicação.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *